Partilhar:

Vinho Branco
Duas Quintas
2018, 75cl
Douro DOC

10

50% Rabigato, 40% Viosinho, 10% Arinto

 13.5%

 Imediato

 Servir a 8º-10º

87/100  Wine Spectator

16/20  Revista de Vinhos

 

O Produtor, Nota de prova publicada em 27 de Maio de 2018

Aroma a notas florais predominando aromas de citrinos «e de frutos maduros. É cheio em boca, elegante, fino e bem presente.

Descubra todos os vinhos deste produtor

Duas Quintas

O Duas Quintas branco é um vinho do Douro Superior, proveniente da Quinta de Ervamoira (150 metros de altitude) e da Quinta dos Bons Ares (600 metros de altitude), sendo elaborado com castas tradicionais que exprimem o potencial desta região extrema. É um branco estruturado e gorduroso, mas igualmente fino e elegante.

Prémios

88/100 – DQ Branco 2008, Wine Enthusiast Magazine, 2009, EUA; 87/100 – DQ Branco 2009, Wine Advocat, Robert Parker, 2010, EUA; 5/5 – DW Branco 2011, Visão, J.A.Salvador 2012, Portugal

Informação de alergénios

Contém sulfitos

SKU: 100243

Ramos Pinto

Fundada por Adriano Ramos Pinto em 1880, a Casa Ramos Pinto depressa se fez notar pela sua estratégia de inovação e pioneirismo. Associada a vinhos engarrafados de qualidade, implantou-se no mercado brasileiro no início do século XX e rapidamente se tornou responsável por metade do vinho exportado para a América do Sul, enquanto ia conquistando gerações de fiéis apreciadores em Portugal e na Europa. Estas foram consequências naturais de uma estratégia de vanguarda, apoiada na modernização dos circuitos de selecção, lotagem e envelhecimento, na investigação vitivinícola constante e no especial cuidado que Adriano Ramos Pinto dedicou à embalagem e promoção dos seus vinhos. Os vinhos Ramos Pinto tornaram-se, assim, uma referência de qualidade.

Deste apaixonante percurso nasceu uma colecção única de objectos de arte, hoje expostos na Área Museológica – Casa Ramos Pinto, recentemente inaugurada. O gosto pela cultura, incutido por Adriano Ramos Pinto na filosofia de actuação da Casa Ramos Pinto, mantém-se até aos nossos dias. Já em 1997, a Casa Ramos Pinto criou o Museu de Sítio de Ervamoira, destinado à investigação ambiental, enológica, arqueológica e antropológica do Vale do Côa. Existe ainda à disposição dos investigadores um Arquivo Histórico, em Vila Nova de Gaia, com um precioso acervo documental sobre a produção e exportação de vinhos desde as últimas décadas do século XIX.

Ciente de que a qualidade dos seus vinhos começava a ser delineada na terra mãe do Douro vinhateiro, a Casa Ramos Pinto perscrutou meticulosamente esta Região Demarcada, acabando por se tornar proprietária de quintas com características muito especiais, com o fim de alcançar o objectivo de assegurar o controlo e a qualidade de todo o processo de produção. Aprimorando os seus vinhos, a Ramos Pinto criou néctares únicos, com assinatura própria.

Em 1990, a Casa Ramos Pinto passou a integrar o Grupo Roederer, cuja história tem características idênticas. As qualidades que deram fama à Casa Ramos Pinto ganham assim uma maior dimensão internacional.

Morada

Adriano Ramos Pinto – Vinhos, S.A.

Av. Ramos Pinto, 380
4400-266 Vila Nova de Gaia
Portugal

Carregue no botão e será redireccionado para a ficha técnica do vinho

Nota: a ficha técnica abrirá numa nova janela