Partilhar:

Vinho Tinto
Cortes de Cima
Incógnito 2013, 75cl
Regional Alentejano

85,95

 14%

 Potencial de envelhecimento

 Servir a 16º-18º

0 /5
0 votaram

18/20  Revista de Vinhos

 

O Produtor, nota de prova publicada em 4 de Fevereiro de 2017

Entusiasmante mistura de frutos selvagens de bago vermelho, tosta de madeira, carne e notas de alcatrão. No paladar é complexo, com um forte paladar de fruta silvestre madura e um equilíbrio cativante. Suave no início, mostrando-se firme ao longo da prova, excelente estrutura de taninos e uma agradável frescura, com boa acidez a contribuir para um longo e persistente final.

Descubra todos os vinhos deste produtor

Cortes de Cima

Este vinho foi produzido exclusivamente a partir da casta Syrah. As uvas foram rigorosamente seleccionadas pelo que estavam num óptimo estado de maturação. Foram fermentadas sem engaço, a temperaturas controladas, e regulares delestage, com um alargado período de maceração das películas para melhorar o aroma a frutos e conseguir um bom equilíbrio e estrutura de taninos. Envelhecido durante 8 meses em barricas de carvalho francês até altura do engarrafamento em Julho de 2014.

Prémios

Robert Parker 92/100
Medalha de Ouro – Concours Mondial de Bruxelles 2014
Best Red Portugal – Korea Wine Challenge 2014
Medalha de Ouro – Korea Wine Challenge 2014
Medalha de Prata – Intl Wine & Spirit Competition – UK 2014

Informação de alergénios

Contém sulfitos.

SKU: 105447

Cortes de Cima

Cortes de Cima é uma propriedade familiar, com vinha e olival, localizada perto de Vidigueira no Alentejo, a região vitivinícola demarcada mais a sul do Alentejo, que tem sido uma zona de cultivo de vinha desde os tempos da invasão Romana. Os Romanos usaram “Talhas” (grandes vasos ou ânforas) para a fermentação e armazenagem de vinhos, um costume ainda usado hoje em dia, daí que a nossa etiqueta tenha uma Talha como símbolo. Olivais antigos, com oliveiras com mais de 2000 anos, compartilham o terreno com limoeiros, vinhedos e ruínas Romanas.

A Vidigueira é rica em História. Foi aqui que Julius Caesar impôs a sua ‘Pax Júlia’ no ano de 65 D.C., e onde Vasco Da Gama recebeu o título de Conde em 1519 depois do regresso da sua viagem à Índia. O monte branco e brilhante, situado na colina com vistas extensivas sobre a vinha, tem sido a casa para a família Jørgensen desde 1988. A propriedade, que é totalmente uma empresa de família, tem uma área de 365 hectares: 130 ha de Vinha, 50 ha de Olival, 50 ha de Sobreiros e 100 ha de Cereais. Foi ainda construída uma barragem para satisfazer as necessidades de rega.

Morada

Cortes de Cima, S.A.

Herdade Cortes de Cima
7960-189 Selmes