Partilhar:

Vinho Tinto
Liber Pater
Denarius 2018, 75cl
França

565

 13%

 2020-2035

 Servir a 16º-18º

0 /5
0 votaram

 

O Produtor, nota de prova publicada em 16 de Agosto de 2020

Provar o Denarius 2018 (o nome latino para uma moeda de prata romana), foi como provar um vinho familiar que também não era familiar, o que é objectivo do produtor. É texturizado, expressivo, com muita profundidade e pureza. O vinho é rubi profundo com bordas roxas; a primeira coisa que nos atinge é o seu carácter floral (violetas, rosa) com um pequeno toque de redução; com o tempo, apanha-se cânfora, menta, e depois notas mais terrosas e ferrosas, carbono e algum fumo (que vêm da Petite Verdure). Ao contrário do vinho de bandeira, o Denarius é amadurecido em barril e não em ânfora. Excelente.

Descubra todos os vinhos deste produtor

Liber Pater

O Denarius é uma mistura de Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Merlot, mas feito de vinhas extremamente velhas, de uma forma que era feita no passado. Tudo à mão e extremamente escasso. Tanto no nariz como na boca, o vinho é macio, elegante e frutado, com muito boa fruta madura e muito carácter de framboesa, amora e chocolate preto. Textura completa e aveludada num estilo muito suculento. O vinho é ainda tão novo que só podemos dar um tiro no potencial de armazenamento, mas recomendamos que só se prove este vinho por volta de 2021 e ele irá durar décadas. Se o que acontece ao Denarius acontecer ao que aconteceu ao Liber Prater, então isto é também uma dica do ponto de vista do investimento. Portanto, se quiser beber um Bordeaux ao estilo de há 150 anos e não gastar 30.000 euros por uma garrafa, esta é a segunda melhor opção. Só nos melhores anos são feitas cerca de 250 caixas. O ano de 2018 é o sucessor do 2015 e só estará disponível no início de 2021.

Informação de alergénios

Contém sulfitos.

SKU: 105768

Liber Pater

Bordéus tem a reputação de ser rica em herdades prestigiadas que produzem vinhos excecionais com preços ao mesmo nível, mas há uma herdade que se destaca de todas as outras. Tendo recebido o seu nome com inspiração no deus romano da viticultura, Liber Pater é uma pequena adega gourmet em Graves, que apenas começou a sua produção em 2006 e rotula os seus vinhos apenas como “Vin de France”.

Então, como é que a Liber Pater se tornou num objeto de culto e num dos melhores produtores em Bordéus? A resposta passa pelo dono e enólogo aventureiro Loic Pasquet. A sua dedicação inspiradora em trazer de volta as castas de Bordéus como o Marselan, Tarney Coulant e Castet, e o seu focado empenho na qualidade produz vinhos excecionais que recebem frequentemente acima dos 90 pontos por parte dos mellhores críticos de vinho.

Pasquet trabalha em particular com cepas não enxertadas e acredita que isto lhe permite criar vinhos mais autênticos. Durante a rápida propagação de filoxera em meados dos anos 1800 que destruiu 40% das vinhas francesas, as cepas francesas foram enxertadas com cepas americanas, as quais eram resistentes à doença. O uso de cepas não enxertadas por Pasquet, proporciona ao amantes do vinho um aroma de Bordeaux antes da filoxera, oferecendo um ponto de comparação nostálgico com as variantes modernas de Bordeaux.

Acompanhar o foco em cepas históricas poucos conhecidas é uma forma de recuperar os métodos tradicionais de vinificação. Pasquet cultiva as suas vinhas com pouco mais do que um velho arado de 150 anos e uma mula, trabalhando de forma de forma orgânica, o que o ajuda a ter um impacto incrivelmente pequeno no meio ambiente. Obviamente, produzir vinho desta forma é um trabalho intensivo e é significativamente mais dispendioso do que os métodos mecanizados modernos, mas o resultado final é único e magnífico; um vinho que relembra a antiga harmonia entre o Homem e a Terra.

Visto que Loic produz quantidades minúsculas por ano do seu Liber Pater, estes são incrivelmente raros e difíceis de encontrar. Aproximadamente 2400 garrafas de Liber Pater tinto são produzidas anualmente, dependendo da colheita, juntamente com 300 garrafas cada do seu delicioso vinho branco, fermentado em barricas de carvalho, e do seu doce vinho de sobremesa. Dependendo da colheita, o icónico Liber Pater tinto de Pasquet é produzido para fermentar e ter um processo de maturação de entre 10 a 25 anos na adega antes de atingir a sua maturação ideal.

Estas quantidades modestas e qualidade fantástica são as razões pelas quais os vinhos Liber Pater são tão procurados em todo o mundo apesar da curta idade da herdade. Para um investidor que procura investir para além das melhores herdades tradicionais de Bordeaux, Liber Pater é uma opção excelente com o potencial para obter retornos significantes no futuro graças à suas exclusividade, autenticidade e pura paixão que estão por detrás da marca.