Partilhar:

Vinho Branco
Granito Cru
2018, 75cl
Dāo

29,49

 13%

 2020-2026

 Servir a 10º-12º

0 /5
0 votaram

 

O Produtor, nota de prova publicada em 12 de Julho de 1905

Cor amarela clara e pálida. Seu aroma é um bouquet amplo. Aromas de ervas silvestres, flor de limão e verbena. Na boca, é fresco e crocante, com uma acidez elétrica. Notas de citrinos, mineralidade e salinidade, com um final longo.

Descubra todos os vinhos deste produtor

Granito Cru

Granito Cru é um vinho branco da região de Dão que representa na perfeição o estilo intenso do “terroir” do Douro pela mão do enólogo e produtor Luís Seabra.

As montanhas determinam e condicionam o clima desta região, abrigando as vinhas da influência directa do clima continental bem como da influência marítima. Vinhas com mais de 35 anos plantadas em solos de granito em altitude, em Vila Nova de Tazem, na sub-região da Serra da Estrela.

O vinho foi fermentado com leveduras autóctones e estagiou 1 ano em barricas usadas de carvalho francês e 6 meses em cubas de inox.

Tal como o nome indica procura mostrar o solo, a vinha e a região; para isso a vinificação é feita de forma pouco interventiva, sem recurso a leveduras ou bactérias comerciais seleccionadas, apenas sulfuroso é utilizado e em doses muito baixas. A sua vinificação é inspirada nos métodos antigos onde os vinhos fermentavam em madeira velha – pipas de 500 litros ou toneis de pequena dimensão e aí permaneciam até ao seu engarrafamento. Podendo criar depósito.

Informação de alergénios

Contém sulfitos.

SKU: 106867

Luís Seabra

Depois de muitos anos a trabalhar para outros foi tempo de seguir o meu próprio caminho.
Em 2013 nasceu Luis Seabra Vinhos, cuja missão é criar vinhos que falem sobre o lugar de onde vêm, feitos com uma filosofia de intervenção mínima, respeitando a sua natureza e carácter. Queremos que os nossos vinhos possam mostrar os diferentes solos onde as vinhas são plantadas, as diferentes altitudes e exposições, as suas diferenças e semelhanças Com a consciência de que este é apenas o primeiro passo de um longo caminho, a aventura ainda é descobrir as velhas e desconhecidas vinhas que resistem ao longo dos anos. Queremos, acima de tudo, criar vinhos únicos. Ao longo destes anos, desenvolvi uma relação especial com algumas das vinhas velhas. Estas não são exuberantes e os seus troncos, na sua maioria, não são espessos e imponentes. Pelo contrário – são esbeltas e torcidas, têm a sua própria serenidade vinda da idade. Respondem mais calmamente do que as outras vinhas a várias condições climatéricas, suportando melhor os picos de calor e o stress hídrico e também resistindo melhor à chuva que insiste em descer antes da vindima. Estas vinhas têm um carácter singular dado pelo local onde são plantadas e pelas variedades que compõem a mistura. Se respeitarmos a individualidade das uvas na adega, os vinhos serão como as vinhas – discretos, não exuberantes e com uma profundidade e complexidade provenientes dos longos anos de experiência.