Partilhar:

Vinho Branco
Maçanita
Chão dos Eremitas Alicante Branco 2018, 75cl
Regional Alentejano

23,99

 12.5%

 2020-2025

 Servir a 10º-12º

0 /5
0 votaram

 

O Produtor, nota de prova publicada em 12 de Dezembro de 2019

Cor amarelo-citrino, nariz intenso, notas de to- ranja, pêssego e pólvora. Ataque cheio encor- pado, excelente untuosidade e persistência. Vinho com bastante concentração, bom para pratos de peixe no forno ou tacho e pratos de aves mais simples.

Descubra todos os vinhos deste produtor

Maçanita

100% Alicante Branco. O Alicante Branco, foi e é também conhecido como o Boal de Alicante ou o Boal Cachudo e terá sido durante muitos anos uma casta importante no Alentejo. Gyrão, 1822, 50 anos antes da filoxera, cita vários “Boiais” mas dando especial destaque ao Boal Cachudo (sinónimo desta casta). Único em Portugal, é um ensaio de casta exclusiva de Portugal, é o único no mundo. Este vinho testa o potencial de uma das castas antigas do encepamento do Alentejo com a modernização da viticultura quase desapareceram.
As uvas, em solos graníticos e em regime de proteção integrada certificada, são apanhadas entre as 3 e 4 horas da madrugada, prensa directa, sem sulfitos até ao final de fermentação, sem decantação e fermentação espontânea de 40% em barricas velhas, e controladas de 60% em inox. 12 meses de estágio sobre as borras primárias sem battonage. Limitado ao stock existente. No caso do vinho que comprou ficar sem stock, entraremos em contacto para propor um vinho diferente, ou para lhe devolver o valor pago.
As promoções nos vinhos não são acumuláveis com outros descontos ou cupões.

Informação de alergénios

Contém sulfitos.

SKU: 105670

António Maçanita

Joana e António Maçanita há muito tinham um sonho. Criar um vinho com caráter e personalidade própria, bem ao estilo dos dois irmãos e enólogos. A oportunidade surgiu pelas terras do Douro, onde Joana realiza parte da sua atividade profissional. Por entre patamares e vinhas ao alto, deparou-se com uma matéria-prima muito especial, impossivel de ficar indiferente, ligou ao António e desafiou-o. Em 2011 são lançadas as raízes para o projeto dos irmãos Maçanita no Douro. As vinhas encontram-se no Douro, sub-região do Cima Corgo, perto do Pinhão. Foram cuidadosamente escolhidas para enquadrarem o perfil certo, uvas com muita concentração, riqueza e frescura. Os dois irmãos percorrem juntos as vinhas nas operações determinantes na qualidade e sanidade das uvas. Com uma enologia pouco intreventiva, em que a extração da cor e da estrutura do vinho é feita de forma suave e lenta, os vinhos Maçanita são, a pura expressão da enologia “à Maçanita”, a fruta acima de tudo.