Partilhar:

Vinho Branco
Navazos
Niepoort 2015, 75cl
Jerez de la Frontera

15

 13%

 Potencial de envelhecimento

 Servir a 8º-10º

89/100  Wine Spectator

 

O Produtor, Nota de prova publicada em 10 de Abril de 2017

O Navazos-Niepoort 2014 é um vinho com um carácter frutado invulgar, apesar da influência das leveduras “flor”. Com aromas típicos de Jerez, tais como notas de calcário e pó de giz, é um vinho cheio de carácter, vibrante, fresco e mineral. Encorpado mas sem ser pesado, seco mas não agressivo é um vinho incrivelmente gastronómico!

Descubra todos os vinhos deste produtor

Navazos

A Niepoort e a Equipo Navazos juntaram-se para elaborar este vinho branco, feito 100% com uvas da casta Palomino Fino provenientes de uma das vinhas históricas de Albariza, na região espanhola de Jerez de La Frontera. Na sua sexta edição, este vinho foi produzido seguindo as mesmas técnicas de vinificação de há 200 anos. As uvas foram fermentadas em “bota”, com leveduras indígenas, seguindo-se o estágio sob um véu de “flor” durante oito meses. A tradição e o futuro juntam-se num vinho fantástico e original! Vinificação: Depois de uma vindima muito difícil em 2013, o ano de 2014 trouxe de novo a excelência, à região em geral, e à vinha histórica localizada em Pago Macharnudo Alto, em particular. As uvas foram suavemente prensadas, seguindo-se a fermentação com leveduras indígenas, em barricas velhas de carvalho americano denominadas “bota”. A temperatura foi controlada naturalmente, dada a pequena dimensão dos depósitos (600 l). O vinho envelheceu durante 8 meses com as borras finas sob “flor”. As barricas foram enchidas até 5/6 da sua capacidade, de modo a que as leveduras se pudessem desenvolver.

Informação de alergénios

Contém sulfitos

SKU: 101565

Niepoort Vinhos

A família Niepoort tem vindo a produzir Vinho do Porto desde 1842. A primeira propriedade no Douro foi comprada em 1987 e Dirk Niepoort deu início a uma nova era na empresa com a criação do primeiro Redoma Tinto em 1991. Nos últimos anos, a Niepoort lançou a si própria o grande desafio de interpretar outros solos e climas, e adquiriu duas propriedades noutras regiões: Dão e Bairrada. Descubra o Triângulo Niepoort que expressa os diferentes terroirs: Xisto (Douro), Calcário (Bairrada) e Granito (Dão). Após terem criado em 2002 o primeiro vinho da família dos “Fabulosos”, ao qual se deu o nome de “Fabelhaft”, Dirk Niepoort insistiu em desenhar um rótulo original e distinto para cada mercado recorrendo a um artista local para ilustrar uma história adequada aos valores e sensibilidade de cada país e a sua relação com o vinho. “Diálogo”, ”Conversa”, “Allez Santé”, “Drink Me”, “Alonso Quijano” ,”Fabelhaft”, entre outros, são alguns dos nomes que os “Fabulosos” assumem atendendo à realidade dos mercados a que se destinam, respectivamente Portugal, Brasil, Bélgica, Inglaterra, Espanha e Alemanha. Este vinho simboliza a alegria, a celebração, a boa comida, os bons amigos, a boa vida, um vinho de puro prazer, elegante e que expressa a realidade do Douro. Em Julho 2011 foram lançados o Diálogo Branco 2010 e o Fabelhaft Branco. Os “Projectos Wines” incluem todos os vinhos com o rótulo “Niepoort Projectos”, que são experiências realizadas no Douro ou em Vila Nova de Gaia, mas também vinhos feitos em parceria com outros produtores, tais como o Doda, com Álvaro de Castro, da região do Dão; OmLet, feito no Douro com o produtor espanhol Telmo Rodriguez; Ultreia, produzido no Douro com o produtor espanhol Raul Perez; os vinhos Muhr van der Niepoort, produzidos na Áustria, em colaboração com Dorli Muhr; Cape Charme e Cape Fortified, produzidos na África do Sul com Eben; ou Ladredo, de Ribera Sacra (Espanha).

Morada

Niepoort Vinhos S.A.

Rua Cândido dos Reis, 670
4400-071 Vila Nova de Gaia
Portugal