Partilhar:

Vinho Branco
Quinta da Escusa
Harvest 2016, 75cl
Tejo

8,45

 12.5%

 Imediato

 Servir a 8º-10º

 

João Guedes

João Guedes, Nota de prova publicada em 25 de Maio de 2019

Vinho está limpo e brilhante de cor amarelo esverdeado. No nariz encontramos notas florais, marmelo, limão e toranja. Na boca sentimos o moscatel, o vinhos é bem equilibrado e fresco. Como maridagem perfeita recomendo salmão grelhado.

Descubra todos os vinhos deste produtor

Quinta da Escusa

É um blend elaborado a partir das nossas melhores uvas das castas Arinto e Moscatel, com a denominação de “Vinho Regional Tejo” – (IGP – Indicação Geográfica Protegida). Todas as uvas foram colhidas nas nossas vinhas “Senhora da Escusa” e “Senhora das Virtudes”, localizadas na Quinta da Escusa, concelho de Rio Maior, distrito de Santarém. Colocamos especial ênfase nas questões ambientais e de saúde. Ambas as vinhas são cultivadas respeitando práticas sustentáveis, certificadas conforme as “Normas de Produção Integrada”. Na manutenção do solo é dada especial atenção ao combate à erosão e ao aumento do teor de matéria orgânica e, para tal, recorremos à não mobilização do solo e à aplicação de estrume de origem natural.

Informação de alergénios

Contém sulfitos

SKU: 104117

Casa Romana Vini

Nos terrenos que hoje constituem a Quinta do Porto Nogueira e a Quinta da Escusa, a família conduziu o plantio de vinhas, privilegiando os terroirs outrora ocupados por vinhas velhas, sempre com o objectivo de produzir uvas excepcionais e de fazer vinhos únicos, sob as marcas Quinta Nogueira, Quinta da Escusa e Página. A Quinta do Porto Nogueira está localizada em Alguber, concelho do Cadaval, a cerca de 70 Km a oeste de Lisboa. Data da primeira metade do século XVIII, esteve sempre na posse da mesma família, foi doada à Academia das Ciências de Lisboa por volta de 1980. Desde 2004 que é um Romana Vini estate. A Quinta da Escusa está localizada no lugar da Senhora da Escusa, concelho de Rio Maior, a cerca de 70 Km a nordeste de Lisboa, entre as aldeias de Quintas e de Vale Barco. Parte dos terrenos da Quinta da Escusa pertenciam aos avós e aos pais dos actuais proprietários que, ao longo de décadas, aí exerceram a agricultura e a viticultura. A casa secular da Quinta do Porto Nogueira está encostada à Ponte Romana sobre o rio Arnóia, que seria passagem da via romana que ligava Collippo (próximo de Leiria) a Eburobrittium (Óbidos) e que seguia para Olisipo (Lisboa). A ponte constitui testemunho da presença dos romanos na região e inspirou a denominação Romana Vini, a Family Winery

Morada

Quinta do Porto Nogueira 2550-012 Alguber, Cadaval, Portugal.