Partilhar:

Vinho Branco
Vale Barqueiros
Colheita Seleccionada 2019, 75cl
Regional Alentejano

7,49

 13.5%

 Imediato

 Servir a 8º-10º

0 /5
0 votaram

 

O Produtor, nota de prova publicada em 28 de Março de 2020

Cor amarelo citrino. Aroma com notas de flor de laranjeira e abacaxi. Sabor na boca tem notas de pêssego, é fino e com alguma acidez que equilibra e realça a estrutura que apresenta. A persistência é longa e agradável.

Descubra todos os vinhos deste produtor

Vale Barqueiros

Vinificação em depósitos de inox, a baixa temperatura, após decantação estática. Estágio em depósitos de inox com estabilização à temperatura de 6°C a 8°C durante as duas primeiras semanas seguido de estágio em cuba.

Informação de alergénios

Contém sulfitos.

SKU: 104962

Vale Barqueiros Family Winery

A História da Herdade de Vale Barqueiros remonta ao séc. XIV e tem as suas origens fortemente ligadas à Ordem de S. Bento de Aviz, fundada pela Ordem dos Templários. Nessa altura o Castelo de Seda, atualmente uma aldeia no Alto Alentejo, estava constantemente sob ameaça de ser atacado pois representava um marco importante do nosso país e um símbolo da independência. Devido a esta situação, a Ordem de S. Bento de Aviz ordenou que se fizesse uma reserva militar junto ao Castelo de Seda para que em caso de emergência pudessem socorrer a fortificação o mais rapidamente possível.
Foi então que surgiu a reserva militar de Vale Barqueiros. Foi dado este nome pois para fazerem a passagem dos militares para o referido castelo era necessária a travessia da Ribeira de Seda e para isso existiam os barqueiros que eram indivíduos com pequenos barcos que transportavam os militares para ambas as margens.Mais tarde já no séc. XIX, em 1836, todas as Ordens Militares e Religiosas foram extintas em Portugal e a reserva militar de Vale Barqueiros foi nacionalizada. Então em 1853, um nobre de Seda de seu nome Joaquim Barradas comprou a propriedade ao estado passando esta a chamar-se Herdade de Vale Barqueiros.
Durante mais de um século pertenceu a esta família até que em 1986 foi comprada pelo Comendador Vasco Faria que a transformou no lugar paradisíaco que hoje é. Com uma forte ligação à área agrícola, mais propriamente à viticultura, o atual proprietário e respetiva família colocaram todo o seu conhecimento no desenvolvimento da vinha e do vinho e mais tarde num extenso olival, sobreiro e pinheiros mansos entre os mais de 800ha que constituem a propriedade.