Partilhar:

Vinho do Porto
Dow`s
LBV 2012, 75cl
Porto

12,99

 20%

 Potencial de envelhecimento

 Servir a 15º-16º

 

O Produtor, nota de prova publicada em 28 de Maio de 2016

O LBV da Dow é encorpado, rico, mas perfeitamente equilibrado com taninos suaves e apimentados e com uma acidez fina que garante um equilíbrio perfeito no paladar. O acabamento seco do Dow clássico está sempre presente no LBV da casa; é uma das melhores portas LBV disponíveis.

Descubra todos os vinhos deste produtor

Dow`s

Nos últimos vinte e cinco anos, o trabalho realizado nas vinhas da Dow e nas vinícolas da Dow resultou em melhoria constante da qualidade de todos os portos premium da casa. Em nenhum lugar esse investimento está mais em evidência do que na qualidade das Portas Vintage Late Bottled Vintage da Dow. O LBV da Dow ganhou consistentemente mais prêmios que a maioria dos outros portos LBV do mercado e esse vinho se tornou reconhecido em todo o mundo como um padrão de excelência no setor, é servido em inúmeros restaurantes finos, em várias companhias aéreas internacionais e, o mais importante, é amplamente apreciado pelos consumidores em muitos países ao redor do mundo.
Limitado ao stock existente. No caso do vinho que comprou ficar sem stock, entraremos em contacto para propor um vinho diferente, ou para lhe devolver o valor pago.
As promoções nos vinhos não são acumuláveis com outros descontos ou cupões.

Informação de alergénios

Contém sulfitos.

SKU: 105012

Prats & Symington

O Chryseia foi um dos pioneiros do ressurgimento, hoje amplamente reconhecido, dos vinhos não fortificados Douro DOC. No entanto, este vinho, cujo nome significa «d’ouro» em grego clássico, tal como o nome do rio em português, mantém-se fiel a um estilo muito próprio. Nele predominam a elegância e o equilíbrio, tendo profundidade sem ser pesado e apresentando-se encorpado sem ser agressivo. O Chryseia simboliza o encontro da nobre tradição portuguesa com a não menos rica tradição bordalesa, no sentido de uma nova modernidade. O primeiro Chryseia comercializado foi a colheita 2000.

Em 2002, apresentámos o Post Scriptum como um vinho parceiro do Chryseia. Este vinho é produzido a partir de uma segunda selecção dos lotes criados para o Chryseia e, desde 2007, tem sido produzido predominantemente a partir de frutos da Quinta da Perdiz, no vale do Rio Torto. Após a aquisição das vinhas e da adega da Quinta de Roriz, em 2009, a Prats & Symington adicionou os vinhos Prazo de Roriz e Quinta de Roriz Porto Vintage à sua gama de vinhos.

Morada

Prats & Symington, Lda.
Quinta de Roriz
São João da Pesqueira
5130-113 Ervedosa do Douro
Portugal