Partilhar:

Vinho do Porto
Graham`s
10 Years Old Tawny, 75cl
Porto

22,39

 20%

 Potencial de envelhecimento

 Servir a 15º-16º

18/20  Revista de Vinhos

 

O Produtor, nota de prova publicada em 28 de Maio de 2020

Tem uma cor tawny profunda. No nariz, mostra aromas complexos de nozes combinados com notas de mel e figos. No palato, ricos sabores de frutas maduras, lindamente amadurecidos com um sabor delicioso e longo.

Descubra todos os vinhos deste produtor

Graham`s

Habilidades honradas pelo tempo, habilidade e dedicação são transmitidas de geração em geração na GRAHAM’S na forma de três artes únicas – a arte da mistura, a arte da cooperação e a arte do envelhecimento – para produzir uma seleção extraordinária de Portos Tawny. Um tributo ao artesanato: os 10 anos da GRAHAM são um tributo ao artesanato, à paixão pela excelência e à precisão incomparável, que está no coração de todos os portos artesanais do Tawny. Após uma década de cuidado, este vinho é uma expressão maravilhosa do Porto Tawny. Para quem aprecia qualidade em todos os detalhes.
Limitado ao stock existente. No caso do vinho que comprou ficar sem stock, entraremos em contacto para propor um vinho diferente, ou para lhe devolver o valor pago.
As promoções nos vinhos não são acumuláveis com outros descontos ou cupões.

Prémios

. 90 pontos Jamie Goode;
. 90 pontos Wine Spectator Magazine;
. 89 pontos CellarTracker;
. 87 pontos Wine & Spirits Magazine;
. 16 pontos Jancis Robison.

Informação de alergénios

Contém sulfitos.

SKU: 105018

Prats & Symington

O Chryseia foi um dos pioneiros do ressurgimento, hoje amplamente reconhecido, dos vinhos não fortificados Douro DOC. No entanto, este vinho, cujo nome significa «d’ouro» em grego clássico, tal como o nome do rio em português, mantém-se fiel a um estilo muito próprio. Nele predominam a elegância e o equilíbrio, tendo profundidade sem ser pesado e apresentando-se encorpado sem ser agressivo. O Chryseia simboliza o encontro da nobre tradição portuguesa com a não menos rica tradição bordalesa, no sentido de uma nova modernidade. O primeiro Chryseia comercializado foi a colheita 2000.

Em 2002, apresentámos o Post Scriptum como um vinho parceiro do Chryseia. Este vinho é produzido a partir de uma segunda selecção dos lotes criados para o Chryseia e, desde 2007, tem sido produzido predominantemente a partir de frutos da Quinta da Perdiz, no vale do Rio Torto. Após a aquisição das vinhas e da adega da Quinta de Roriz, em 2009, a Prats & Symington adicionou os vinhos Prazo de Roriz e Quinta de Roriz Porto Vintage à sua gama de vinhos.

Morada

Prats & Symington, Lda.
Quinta de Roriz
São João da Pesqueira
5130-113 Ervedosa do Douro
Portugal