Partilhar:

Vinho do Porto
Graham`s
20 Years Old Tawny, 75cl
Porto

43,49

 20%

 Potencial de envelhecimento

 Servir a 15º-16º

93/100  Wine Spectator

18/20  Revista de Vinhos

 

O Produtor, nota de prova publicada em 28 de Maio de 2020

Tem uma cor âmbar, dourada e dourada. No nariz, mostra um excelente buquê com um característico caráter de noz e deliciosas frutas maduras com notas de casca de laranja, requintadamente amadurecidas pelo envelhecimento cuidadoso. Rico, suavemente doce e suave NO PALADO, é perfeitamente equilibrado, com um final longo e elegante.

Descubra todos os vinhos deste produtor

Graham`s

Habilidades honradas pelo tempo, habilidade e dedicação são transmitidas de geração em geração na GRAHAM, sob a forma de três artes únicas – a arte da mistura, a arte da cooperação e a arte do envelhecimento – para produzir uma seleção extraordinária de portos Tawny . O equilíbrio perfeito: Os 20 anos de GRAHAM são a busca da perfeição pelo Master Blender, capturando o equilíbrio perfeito entre os vinhos do Porto jovens e envelhecidos. Um vinho do Porto aperfeiçoado há mais de vinte anos, para encantar aqueles que buscam a excelência.
Limitado ao stock existente. No caso do vinho que comprou ficar sem stock, entraremos em contacto para propor um vinho diferente, ou para lhe devolver o valor pago.
As promoções nos vinhos não são acumuláveis com outros descontos ou cupões.

Prémios

94 pontos Asian Palate Jeannie Cho Lee;
. 93 pontos Jamie Goode;
. 90 pontos CellarTracker;
. 90 pontos CellarTracker;
. 16,5 pontos Jancis Robinson.

Informação de alergénios

Contém sulfitos.

SKU: 105017

Prats & Symington

O Chryseia foi um dos pioneiros do ressurgimento, hoje amplamente reconhecido, dos vinhos não fortificados Douro DOC. No entanto, este vinho, cujo nome significa «d’ouro» em grego clássico, tal como o nome do rio em português, mantém-se fiel a um estilo muito próprio. Nele predominam a elegância e o equilíbrio, tendo profundidade sem ser pesado e apresentando-se encorpado sem ser agressivo. O Chryseia simboliza o encontro da nobre tradição portuguesa com a não menos rica tradição bordalesa, no sentido de uma nova modernidade. O primeiro Chryseia comercializado foi a colheita 2000.

Em 2002, apresentámos o Post Scriptum como um vinho parceiro do Chryseia. Este vinho é produzido a partir de uma segunda selecção dos lotes criados para o Chryseia e, desde 2007, tem sido produzido predominantemente a partir de frutos da Quinta da Perdiz, no vale do Rio Torto. Após a aquisição das vinhas e da adega da Quinta de Roriz, em 2009, a Prats & Symington adicionou os vinhos Prazo de Roriz e Quinta de Roriz Porto Vintage à sua gama de vinhos.

Morada

Prats & Symington, Lda.
Quinta de Roriz
São João da Pesqueira
5130-113 Ervedosa do Douro
Portugal