Partilhar:

Vinho do Porto
Quinta do Crasto
Tawny 20 anos, 75cl
Douro

59,64

 20%

 2023-2033

 Servir a 12º-14º

0 /5
0 votaram

 

O Produtor, nota de prova publicada em 15 de Julho de 1905

De cor âmbar, apresenta excelente complexidade aromática onde é possível destacar notas de casca de laranja, mel, frutos secos e ligeiro iodo. Na boca, apresenta um excelente volume e uma estrutura de textura suave e fresca. Termina cheio de complexidade, elegância e persistência.

Descubra todos os vinhos deste produtor

Quinta do Crasto

O Quinta do Crasto 20 Anos é um vinho do Porto Tawny de idade resultando do envelhecimento em tonéis de carvalho Português por uma média de 20 anos. Feito a partir de vinhos do Porto seleccionados com origem nas nossas melhores vinhas, este blend oferece grande complexidade, proveniente dos vinhos mais velhos, enquanto os vinhos mais jovens trazem sabores de frutas frescas e acidez vibrante.

Vinificação: As uvas, provenientes de Vinhas Velhas, com mais de 60 anos, plantadas em socalcos, foram transportadas em caixas de plástico alimentar e sujeitas a uma rigorosa triagem à entrada da adega, Após um suave esmagamento sem desengace, foram enviadas para um lagar tradicional onde foram pisadas por homens em intervalos regulares. Posteriormente foi-lhe adicionada aguardente vínica, parando assim a fermentação.

Envelhecimento: Quinta do Crasto Porto Tawny 20 anos envelhece em tonéis de carvalho português de 9000 litros.

Engarrafado em Março de 2023.

Informação de alergénios

Contém sulfitos.

SKU: 107145

Quinta do Crasto

Situada na margem direita do rio Douro, entre a Régua e o Pinhão, a Quinta do Crasto, é uma propriedade com cerca de 130 hectares, dos quais 70 são ocupados por vinhas. Fazem também parte do património da empresa a Quinta do Querindelo, com 10 hectares de Vinhas Velhas, e a Quinta da Cabreira, no Douro Superior, com 114 hectares de vinha. Com localização privilegiada na Região Demarcada do Douro, a Quinta do Crasto é propriedade da família de Leonor e Jorge Roquette há mais de um século. Como costuma ser com as grandes Quintas do Douro, a origem da Quinta do Crasto remonta a tempos longínquos – o nome Crasto deriva do latim “castrum”, que significa forte romano.

Os importantes investimentos realizados nos últimos anos permitiram modernizar as vinhas e as instalações de vinificação. Isto tem assegurado a produção de vinhos de elevada qualidade, tais como os vinhos Crasto, Crasto Superior e Quinta do Crasto Reserva Vinhas Velhas; os vinhos monovarietais Quinta do Crasto Tinta Roriz e Quinta do Crasto Touriga Nacional, os vinhos monovinha Quinta do Crasto Vinha da Ponte e Quinta do Crasto Vinha Maria Teresa, assim como também vinhos do Porto de categorias especiais Finest Reserve, LBV e Vintage.

Na Quinta do Crasto utilizamos as mais avançadas tecnologias de vinificação, conjugadas com o tradicional método de pisa a pé em lagares. A concretização de todos os investimentos, associada à paixão que é colocada na elaboração dos vinhos, levou ao reconhecimento da Quinta do Crasto no panorama vinícola nacional e internacional.

Morada

Quinta do Crasto, S.A.

Quinta do Crasto
Gouvinhas
5060-063 Sabrosa
Portugal