Partilhar:

Vinho Madeira
Henriques & Henriques
Bastardo 1927, 75cl
Madeira

1549,49

 21.7%

 2023-2043

 Servir a 12°-14°

0 /5
0 votaram

 

Revista de Vinhos, nota de prova publicada em 26 de Janeiro de 1900

Bastardo. Enorme concentração e profundidade aromáticas, entre as notas balsâmicas, especiarias, verniz, cedro e folha de tabaco. Mel. Salino e iodado. Elegante, acidez discreta no ataque, cresce na boca, vertical. Especiado, vibrante, rico, tenso. Extraordinário.

Descubra todos os vinhos deste produtor

Henriques & Henriques

Designação sinônima da variedade de uva Trousseau (França), o Bastardo amadurece precocemente e atinge altos teores de açúcar. O longo envelhecimento oxidativo revela uma composição aromática complexa. Um vinho da Madeira único.

Enólogo: Humberto Jardim.

Informação de alergénios

Contém sulfitos.

SKU: 107262

Henriques & Henriques

A história remonta ao ano de 1850 quando a empresa foi fundada por João Gonçalves Henriques, descendente de uma família que há muitos anos se estabelecera em Câmara de Lobos. Após a sua morte em 1912 com os seus filhos, João Joaquim e Francisco Eduardo Henriques, nasce o nome “Henriques & Henriques”. A família Henriques, ao longo das diferentes gerações, desempenhou um papel importante na elaboração do Vinho da Madeira onde sempre se destacou como produtora de vinhos de excelente qualidade. O último dos Henriques faleceu em 1968 tendo a companhia transitado para os colaboradores mais próximos e amigos.

Para além de produtora e exportadora, é também a única empresa detentora de vinhedos próprios, resultando na produção de uvas de extrema qualidade, nomeadamente das castas Verdelho e Terrantez, o que lhe permite controlar a produção desde o cultivo até à colheita. Por outro lado adquire também uvas a diversos viticultores com os quais mantém uma estreita relação de longa data.

Em 1992, a Henriques & Henriques investe na construção da nova adega de envelhecimento na freguesia de Câmara de Lobos onde se situa também a sede e o espaço comercial e constrói um centro de vinificação na sua propriedade situada na freguesia da Quinta Grande, o que proporcionou à empresa os meios adequados para corresponder às exigências dos mercados, usando as mais recentes inovações tecnológicas, mas mantendo a tradição familiar de quase 200 anos na produção dos melhores vinhos da Madeira.