Partilhar:

Vinho Tinto
Domaine du Pegau
Cuvée da Capo 2016, 75cl
Chateauneuf-du-Pape

359

 15.5%

 2022-2040

 Servir a 16º-18º

97/100  Wine Spectator

 

Jeb Dunnuck, nota de prova publicada em 12 de Julho de 1905

Pude também provar o Châteauneuf Du Pape Cuvée Da Capo de 2016, que provém principalmente de vinhas mais velhas do lieu-dit de La Crau e passa um ano adicional num grande foudre. A colheita de 2016 foi verdadeiramente mágica para a região, e esta Cuvée Da Capo é inquestionavelmente uma das melhores colheitas alguma vez feitas para esta cuvée, na mesma liga que, se não superada, as de 1998, 2003, 2007, e 2010. Notas sensacionais de carnes curadas, crème de cassis, violetas esmagadas, pimenta moída, tapenade, trufa, e ervas doces da Provença, todas elas voam do copo e atingem o paladar com um estilo maciço e encorpado que se mantém sem costura, sem peso, e tão puro quanto vêm. O tradicional e clássico Châteauneuf Du Pape não melhora. Detesto ser o tipo que deita fora a linha "melhor até à data" com muita frequência, mas isto é verdadeiramente mágico.

Descubra todos os vinhos deste produtor

Domaine du Pegau

Uma pérola rara do Domaine du Pegau, é apenas durante os belos anos com as cores das grandes colheitas que a Cuvée Da Capo se mostra. Uma selecção de lotes do Crau, esta cuvée é uma mistura tradicional das 13 castas do Châteauneuf du Pape, com uma maioria de Grenache, Syrah e Mourvèdre, expressando a generosidade e o carácter das vinhas centenárias plantadas num solo de areia siliciosa. Produzida 7 vezes, esta cuvée especial é um sucesso mundial.
Colheita manual, Sem desengace, mistura de castas de uva
Levedura nativa, fermentação espontânea
Cubas de betão, tempo de imersão 12 dias.
Envelhecimento: 2 anos em tonéis de 50hl.

Prémios

100/100 Jeb Dunnuck; 99/100 Robert Parker; 98/100 Wine Enthusiast

Informação de alergénios

Contém sulfitos.

SKU: 106658

Domaine du Pegau

Desde 1670 os nossos antepassados, então bisavós e avós estenderam os terrenos Domaine FERAUD para 22 hectares. Elvire, casada com Léon Feraud, era vinicultora e mãe de quatro filhos.

Paul, o mais novo, cultivava a vinha da família desde os 14 anos de idade e depois, em 1964, decidiu produzir o seu próprio vinho e comercializar 2.000 garrafas por ano. Depois de estudar vinho e bebidas espirituosas, seguida de uma escola de negócios, Laurence, filha de Paul & Odette, regressou a Châteauneuf-du-Pape em 1987. Ela propôs aos seus pais a criação de uma propriedade familiar independente de 5ha e registou o nome Pegau.

O Pegau é um jarro de vinho utilizado no século XIV durante o período papal.

Morada

15 Avenue Impériale
84230 Châteauneuf-du-Pape
France