Partilhar:

Vinho Tinto
Mouchão
Tonel Nº 3-4 2013, 75cl
Alentejo

149,99

 14.5%

 Potencial de envelhecimento

 Servir a 16º-18º

 

O Produtor, nota de prova publicada em 27 de Maio de 2015

Cor granada profundo e intenso. O aroma apresenta notas eucalipto, menta, especiaria e frutos negros. Na boca, a uma macieza inicial, sucede-se uma frescura intensa, um equilíbrio e elegância extraordinários e concentração de taninos elevada.

Descubra todos os vinhos deste produtor

Mouchão

É provavelmente a mais emblemática expressão mundial da casta Alicante Bouschet em toda a sua plenitude e do seu grande potencial de guarda. A histórica Vinha dos Carapetos é o berço deste vinho complexo, rico e intenso, e de onde são colhidas as pequenas e muito apreciadas uvas tintureiras. Respeitando toda a tradição centenária, com vindima à mão, pisa a pés nos grandes lagares de pedra, com fermentação nos mesmos, e prensa manual, este vinho estagia nos velhos tonéis nºs 3 e 4 de aduelas de castanho e carvalho, com fundos de macacaúba e mogno, durante pelo menos três anos. Após este tempo este vinho repousa em garrafa por mais dois anos. De longa guarda como o Mouchão, o Tonel Nº 3-4 será melhor apreciado no seu esplendor 15 a 20 anos após a colheita, embora possa atingir o seu pico muito depois dessa data.

Prémios

Robert Parker – 96 pontos

Informação de alergénios

Contém sulfitos.

SKU: 104411

Herdade do Mouchão

Vastas planícies, pontuadas por algumas florestas e extensos olivais, são a paisagem dominante da região do Alentejo. Foi para aqui que, no início do século XIX, Thomas Reynolds migrou, tendo como objectivo o negócio da cortiça. Três gerações depois, o seu neto John Reynolds adquiriu uma propriedade de 900 hectares, denominada Herdade do Mouchão. Aqui, à actividade corticeira a família acabou por adicionar a produção de vinhos. Plantaram-se várias vinhas e em 1901 construiu-se uma adega tradicional, de grossas e brancas paredes de adobe e um elevado pé direito, tudo encimado por um magnífico telhado de telha vã portuguesa. Pensa-se que foi também por iniciativa de John que as primeiras plantas da casta Alicante Bouschet foram trazidas de França. Depois, em 1929, instalou-se a destilaria, a mesma que ainda hoje é utilizada para produzida a aguardente do Mouchão.

Durante a década de 50, do século XX, a actividade vitivinícola sofreu uma singular expansão que se traduziu por um aumento das áreas de vinha, pelo aperfeiçoamento das tecnologias de vinificação e pelo início da venda de vinhos engarrafados, em detrimento da velha tradição de venda de vinho a granel, com um cunho muito regional. Após a revolução de 1974 a herdade foi expropriada e só foi devolvida à família em 1985. Hoje a Herdade do Mouchão continua a ser gerida e trabalhada pelos descendentes da familia original. Todo o processo de vinificação se mantém praticamente intocável, preservando a tradicional vindima à mão e a fermentação das uvas em lagares de pedra com pisa a pés. Num mundo enológico em constante evolução, a Herdade do Mouchão mantém-se como sempre foi, uma tradição de família.

Morada

Vinhos da Cavaca Dourada, SA /
Sociedade Agro-Pecuária do Mouchão e Cavaca Dourada, SA

Herdade do Mouchão
7470-153 Casa Branca
Portugal