Partilhar:

Vinho Tinto
Niepoort
Quinta da Lomba Garrafeira 2016, 75cl
Dão

114,49

 13.5%

 2022-2032

 Servir a 16º-18º

0 /5
0 votaram

 

O Produtor, nota de prova publicada em 13 de Julho de 1905

O Quinta da Lomba garrafeira Tinto 2016 caracteriza-se pela sua elegância, complexidade e estrutura. A cor é viva, com alguma concentração e revela laivos violeta quando se agita no copo. No nariz tem notas delicadas de amora e frutos vermelhos, nuances florais de ervas aromáticas e balsâmicas. As notas de tabaco e balsâmicas revelam o seu carácter de alguma rusticidade. Na boca é delicado e complexo, com uma estrutura muito elegante e taninos leves. A acidez característica da região revela-se na persistência e no equilíbrio do final de boca.

Descubra todos os vinhos deste produtor

Niepoort

O Quinta da Lomba Tinto 2016 transporta em si todo o potencial das castas do Dão e expressa claramente a excelência das suas vinhas centenárias. Na primeira prova foi definido como um vinho especial. Estagiou quatro anos em madeira e um ano em garrafa e o resultado é um Garrafeira Dão. Os pormenores do rótulo revelam as culturas de cobertura presentes em cada uma das vinhas que só conseguimos identificar por não se usarem herbicidas.

O ano vitícola de 2016 ficou marcado por um Inverno ameno, mas com níveis de precipitação muito elevados na Primavera, que se prolongaram até início do Verão; no entanto foram totalmente evitados quaisquer danos na videira. A vindima foi iniciada apenas no dia 12 de Setembro, ou seja tardiamente, como resultado do atraso na maturação das uvas; realizada sem precipitação, permitiu melhorar a concentração e salubridade da uva. A vinificação ocorreu em lagar, onde se obteve um vinho elegante, que após o estágio de 4 anos em tonéis de 2500 litros de madeira antigos, foi engarrafado sem filtração.

Acompanha maravilhosamente com cabrito assado.

Informação de alergénios

Contém sulfitos.

SKU: 107181

Niepoort Vinhos

A família Niepoort tem vindo a produzir Vinho do Porto desde 1842. A primeira propriedade no Douro foi comprada em 1987 e Dirk Niepoort deu início a uma nova era na empresa com a criação do primeiro Redoma Tinto em 1991. Nos últimos anos, a Niepoort lançou a si própria o grande desafio de interpretar outros solos e climas, e adquiriu duas propriedades noutras regiões: Dão e Bairrada. Descubra o Triângulo Niepoort que expressa os diferentes terroirs: Xisto (Douro), Calcário (Bairrada) e Granito (Dão). Após terem criado em 2002 o primeiro vinho da família dos “Fabulosos”, ao qual se deu o nome de “Fabelhaft”, Dirk Niepoort insistiu em desenhar um rótulo original e distinto para cada mercado recorrendo a um artista local para ilustrar uma história adequada aos valores e sensibilidade de cada país e a sua relação com o vinho. “Diálogo”, ”Conversa”, “Allez Santé”, “Drink Me”, “Alonso Quijano” ,”Fabelhaft”, entre outros, são alguns dos nomes que os “Fabulosos” assumem atendendo à realidade dos mercados a que se destinam, respectivamente Portugal, Brasil, Bélgica, Inglaterra, Espanha e Alemanha. Este vinho simboliza a alegria, a celebração, a boa comida, os bons amigos, a boa vida, um vinho de puro prazer, elegante e que expressa a realidade do Douro. Em Julho 2011 foram lançados o Diálogo Branco 2010 e o Fabelhaft Branco. Os “Projectos Wines” incluem todos os vinhos com o rótulo “Niepoort Projectos”, que são experiências realizadas no Douro ou em Vila Nova de Gaia, mas também vinhos feitos em parceria com outros produtores, tais como o Doda, com Álvaro de Castro, da região do Dão; OmLet, feito no Douro com o produtor espanhol Telmo Rodriguez; Ultreia, produzido no Douro com o produtor espanhol Raul Perez; os vinhos Muhr van der Niepoort, produzidos na Áustria, em colaboração com Dorli Muhr; Cape Charme e Cape Fortified, produzidos na África do Sul com Eben; ou Ladredo, de Ribera Sacra (Espanha).

Morada

Niepoort Vinhos S.A.

Rua Cândido dos Reis, 670
4400-071 Vila Nova de Gaia
Portugal