Partilhar:

Vinho Tinto
Vale Barqueiros
Garrafeira 2015, 75cl
Regional Alentejano

33,90

 14.5%

 Potencial de envelhecimento

 Servir a 16º-18º

 

O Produtor, nota de prova publicada em 28 de Março de 2019

Cor Viva, Granada, com aromas complexos e profundos de frutos negros em compota com especiaria, suaves notas de baunilha induzidas pelas barricas de carvalho francês. Sabor mostra elegância, frutos negros em compota e especiarias, suave pimento verde a propiciar grande complexidade, longo e de “bouquet” persistente.

Descubra todos os vinhos deste produtor

Vale Barqueiros

Vinificação em lagar de inox, a temperatura controlada, após maceração pré-fermentativa. Estágio em barricas de carvalho francês, durante 12 meses, engarrafamento seguido de um período de estágio em garrafa de 1 ano.
Limitado ao stock existente. No caso do vinho que comprou ficar sem stock, entraremos em contacto para propor um vinho diferente, ou para lhe devolver o valor pago.
As promoções nos vinhos não são acumuláveis com outros descontos ou cupões.

Informação de alergénios

Contém sulfitos.

SKU: 104965

Vale Barqueiros Family Winery

A História da Herdade de Vale Barqueiros remonta ao séc. XIV e tem as suas origens fortemente ligadas à Ordem de S. Bento de Aviz, fundada pela Ordem dos Templários. Nessa altura o Castelo de Seda, atualmente uma aldeia no Alto Alentejo, estava constantemente sob ameaça de ser atacado pois representava um marco importante do nosso país e um símbolo da independência. Devido a esta situação, a Ordem de S. Bento de Aviz ordenou que se fizesse uma reserva militar junto ao Castelo de Seda para que em caso de emergência pudessem socorrer a fortificação o mais rapidamente possível.
Foi então que surgiu a reserva militar de Vale Barqueiros. Foi dado este nome pois para fazerem a passagem dos militares para o referido castelo era necessária a travessia da Ribeira de Seda e para isso existiam os barqueiros que eram indivíduos com pequenos barcos que transportavam os militares para ambas as margens.Mais tarde já no séc. XIX, em 1836, todas as Ordens Militares e Religiosas foram extintas em Portugal e a reserva militar de Vale Barqueiros foi nacionalizada. Então em 1853, um nobre de Seda de seu nome Joaquim Barradas comprou a propriedade ao estado passando esta a chamar-se Herdade de Vale Barqueiros.
Durante mais de um século pertenceu a esta família até que em 1986 foi comprada pelo Comendador Vasco Faria que a transformou no lugar paradisíaco que hoje é. Com uma forte ligação à área agrícola, mais propriamente à viticultura, o atual proprietário e respetiva família colocaram todo o seu conhecimento no desenvolvimento da vinha e do vinho e mais tarde num extenso olival, sobreiro e pinheiros mansos entre os mais de 800ha que constituem a propriedade.