Quinta de Ventozelo
Uma das mais antigas e maiores quintas do Douro.

A Quinta de Ventozelo é uma das mais antigas e maiores quintas do Douro, com cerca de 400 hectares, dos quais 200 são de vinha. Situada na margem esquerda do Douro, na freguesia de Ervedosa do Douro, concelho de S. João da Pesqueira, os cerca de 200 hectares de vinha estendem-se desde a margem do Douro, a cerca de 130 metros de altitude, até ao alto da quinta a 500 metros e ao longo da Ribeira de Ervedosa, o que permite ter parcelas de vinhas com todas as exposições a diversas altitudes.

O desafio é compreender esta diversidade de solos, microclimas, castas e sistemas de condução, adaptando as melhores práticas vitícolas em termos de ambiente e sustentabilidade, de modo a obtermos vinhos com personalidade e que traduzam essência de Ventozelo.

Da combinação destes factores com as castas mais adaptadas a cada ecossistema, e técnicas de vinificação e estágio específicas, resulta uma enorme diversidade de vinhos, que julgamos traduzirem bem a essência de cada lugar.

Para além dos 7 vinhos monovarietais, produzem-se ainda 10 vinhos do Douro blend de diferentes castas e 2 vinhos do Porto.

Breve resenha histórica

A primeira referência documental a Ventozelo aparece nas inquirições de 1288, no reinado de D. Dinis, apontando‐a como aldeia, associada à de Roriz. Contudo, apenas no século XVI, circa 1500, por emprazamento ao mosteiro de S. Pedro das Águias, a Quinta de Ventozelo entrou na posse dos fidalgos da Casa do Poço, de Lamego, havendo títulos sucessivos de emprazamentos de 1680 e 1740 e 1806.

Adquirida pela Gran Cruz em 2014. estratégia do grupo procura, desde esse momento, valorizar o enorme potencial da propriedade. Isto passa não só por trabalhar a riqueza e diversidade dos seus vinhos, mas também por apostar no azeite, no enoturismo e no turismo de natureza.